COPEB

Ajudando você a voar com as águias!

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Artigos gerais ADOÇÃO, uma perspectiva bíblica

ADOÇÃO, uma perspectiva bíblica

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 

 

Adoção pode ser uma resposta de oração para muitos casais que não podem conceber seus próprios filhos, mas muitos temem fazê-lo. O que a Bíblia fala sobre isso?

As Escrituras falam de adoção em termos bem favoráveis e como uma forma que Deus usa as pessoas para fazer Sua vontade e trazer-Lhe glória.

I – MOISÉS FOI ADOTADO E SE TORNOU UM GRANDE LIDER
     Há uma história no livro de Êxodo sobre uma mulher hebréia chamada Joquebede, a qual deu à luz a um filho durante o período que o Faraó (o rei) tinha ordenado que todos os bebês machos fossem mortos para controlar a população (Êxodo 1:15-22). Joquebede preparou uma cesta com barro e betume, e pôs o bebê às margens do rio. Uma das filhas de faraó viu a cesta e apanhou a criança. Ele acabou sendo adotado à família real e chamado de Moisés. Ele se tornou um servo fiel e abençoado de Deus (Êxodo 2:1-10).

II – ESTER FOI ADOTADA E SE TORNOU RAINHA
       No livro de Ester, uma linda menina chamada Ester, a qual foi adotada pelo seu primo depois da morte de seus pais, tornou-se uma rainha e Deus a usou para trazer libertação ao povo judeu. No Novo Testamento, o filho único de Deus, Jesus Cristo, foi concebido através do Espírito Santo ao invés da semente do homem (Mateus 1:18). Ele foi adotado e criado pelo marido de Sua mãe, José, o qual cuidou de Jesus como seu próprio filho.

III – NÓS FOMOS ADOTADOS
       Quando entregamos nossos corações a Cristo, acreditando e confiando nEle para nossa salvação, Deus diz que nos tornamos parte de Sua família – não através do processo natural de concepção humana, mas através de adoção. “Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, {Aba; no original, Pai} Pai” (Romanos 8:15). Incluir uma pessoa à família através de adoção é feito por escolha própria e por amor. “...nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade” (Efésios 1:5). É bem claro que adoção – tanto no sentido físico como no espiritual – é mostrada de uma forma favorável por todas as Escrituras. Tanto aqueles que adotam quanto os que são adotados podem receber bençãos e alegria em abundância.


Pr Naldo Vargas de Oliveira
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Última atualização ( Qua, 29 de Fevereiro de 2012 15:12 )