COPEB

Ajudando você a voar com as águias!

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Início Artigos eclesiásticos Conhecendo os descrentes

Conhecendo os descrentes

E-mail Imprimir PDF
Avaliação do Usuário: / 10
PiorMelhor 


Vejamos algumas observações acerca do que pensam os descrentes:

Observação nr. 1:
O descrente rejeitou a igreja, mas isso não quer dizer que todo descrente tenha também rejeitado a Deus.

Observação nr. 2:
O descrente pode estar moralmente à deriva, mas, no fundo do coração, deseja uma âncora.

Observação nr. 3:
O descrente opõe-se a regras, mas é sensível ao raciocínio.

Observação nr. 4:
O descrente não entende o Cristianismo, mas também não conhece exatamente aquilo em que afirma acreditar.

Observação nr. 5:
O descrente tem perguntas autênticas sobre assuntos espirituais, mas não acha que os cristãos respondam.

Observação nr. 6:
O descrente não pergunta: “O Cristianismo é verdadeiro?”. No geral, ele pergunta: “O Cristianismo funciona?”.

Observação nr. 7:
Quem está longe de Deus não quer apenas conhecer algo. Quer ter uma experiência.

Observação nr. 8:
O descrente não quer ser o projeto de alguém. Ele gostaria, porém, de ser amigo de alguém. 

“Corremos o risco de repelir aqueles que estão afastados de Deus e da igreja, a menos que eles vejam em nossas igrejas uma comunidade autêntica, finanças transparentes, perdão incondicional e aquela solicitude recíproca de que a Bíblia fala”.

 

Lee Strobel, Como Alcançar Os Que Evitam Deus e a Igreja, Capítulo 4.

 

Última atualização ( Dom, 30 de Março de 2008 10:12 )